Usuário:
Senha:
 
  Esqueci minha senha
 
HOME  |   CÉLIA PENATTI  |   NOTÍCIAS  |   CONTATO
   
 
Agenda 
Artigos
Calendário
Challengianos em Ação
Depoimentos
Downloads
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
 
Get the Flash Player to see this rotator.
 
 
Notícias
 

 23-03-2010
Na Braspress não existe discriminação salarial


A Braspress, empresa de encomendas urgentes, continua contratando motoristas do sexo feminino, e vencendo barreiras no reduto de trabalho predominantemente masculino do transporte rodoviário de cargas (TRC), como vem fazendo sem discriminação, já que adota salários iguais para ambos os sexos, ao contrário do que ocorre nos Estados Unidos.
\Embora, somente recentemente, o recém empossado presidente norte-americano, Barack Obama, tenha assinado uma lei que amplia as garantias jurídicas para que as mulheres exijam equiparação salarial em relação aos homens no mesmo cargo, aqui na Braspress já adotamos essa lei há vários anos\, afirma Urubatan Helou, Diretor-Presidente da Braspress.
Atualmente, a Braspress emprega 480 motoristas, sendo que 171 são motoristas do sexo feminino e no contexto geral de 3712 colaboradores, cerca de 33% são mulheres.
A idéia pioneira adotada pelo Diretor-Presidente da Braspress parecia uma alternativa de Marketing. O dia a dia das atividades, no entanto, mostrou que ele tinha encontrado um dos caminhos para o aumento da produtividade e da melhoria da capacitação profissional no setor de Transporte, além de abrir espaço para as mulheres no competitivo mercado de trabalho.
\Adotamos a filosofia de que competência não tem sexo e estamos conseguindo formar motoristas do sexo feminino ao realizarmos um programa de treinamento específico para que as mulheres se transformem em profissionais do volante, mesmo aquelas que não têm experiência anterior no setor\, acrescenta Urubatan Helou.
Os controles internos da Organização mostram que as motoristas mulheres têm maiores cuidados operacionais com os veículos colaborando para a manutenção dos caminhões; sabem ser educadas nos relacionamentos com os clientes e no trânsito são pacientes, o que levou a redução de batidas e dos custos de manutenção, incluindo funilaria.
\Por isso, temos procurado incentivar a participação dessas profissionais. Não privilegiamos sexo, cor ou religião, pois as regras são iguais tanto para homens quanto para mulheres. Mas temos encontrado em nossas motoristas mulheres um diálogo muito mais eficaz com os nossos destinatários, tanto comerciais como industriais\.


 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

27-05-2011 - Plano Nacional de Educação de ROMARIA
23-03-2011 - 39ª turma de Challenge Yourself
05-03-2011 - Dia Internacional da Mulher
01-03-2011 - Célia Penatti é Cidadã Uberlandense
23-02-2011 - Célia Penatti realiza homenagem à equipe do Chumbo Grosso
23-02-2011 - Célia Penatti lotou a Câmara e dividiu Título com amigos (as)
07-01-2011 - Entrevista coletiva da ministra da Cultura
14-07-2010 - 38º Turma de Challenge Yoursef
23-03-2010 - Presidente Lula assina decreto
23-03-2010 - Fórmula Academia abre vagas
23-03-2010 - Na Braspress não existe discriminação salarial
23-03-2010 - Mulheres tem imaginação para ganhar grana extra
 
 
Célia Penatti
Rua Bernardo Cupertino, 723 - Uberlândia/MG - Martins
Fone: (34) 3236-2041
Desenvolvido por Webearte