Usuário:
Senha:
 
  Esqueci minha senha
 
HOME  |   CÉLIA PENATTI  |   NOTÍCIAS  |   CONTATO
   
 
Agenda 
Artigos
Calendário
Challengianos em Ação
Depoimentos
Downloads
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
 
Get the Flash Player to see this rotator.
 
 
Notícias
 

 23-03-2010
Presidente Lula assina decreto


Cerca de 16 mil empregos serão gerados na construção da maior linha de transmissão do mundo

A Eletronorte participou nesta quinta-feira (26) da assinatura dos decretos de outorga das concessões das linhas de transmissão do Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira. Representada na cerimônia pelo diretor-presidente, Jorge Palmeira e pelo diretor de Planejamento e Engenharia, Adhemar Palocci, a Empresa é uma das acionistas dos consórcios Porto Velho Transmissora de Energia S/A; Estação Transmissora de Energia S/A; e Norte Brasil Transmissora de Energia S/A, todos originariamente formados no Consórcio Integração Norte Brasil, vencedor do Leilão 007 da Aneel.

São sete lotes com extensão total aproximada de 2,3 mil quilômetros. A estimativa de investimento para todos os lotes é de R$ 7,2 bilhões, com geração de mais de 16 mil empregos diretos e a estimativa de outros 70 mil indiretos. As linhas passam por cinco estados brasileiros: Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e São Paulo.

Na sua primeira frase durante a cerimônia, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, deu um recado para quem, segundo ele, duvidava da garantia de abastecimento energético no País. "Os arautos do pessimismo existem em todos os tempos; mas aqueles que previram só desgraças no setor energético perderam o emprego e a voz. Não há risco de falta de energia no país. Não há facúndia demagógica neste Governo. O nosso caminho é o da construção", afirmou. Dirigindo-se ao presidente Lula, o ministro lembrou que neste governo foram construídos 18.500 quilômetros de linhas de transmissão. "Isso significa 25% de todo o estoque que havia até 2002. E vamos chegar a 40%".

Logo depois da assinatura dos decretos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o representante dos consórcios, José Sidnei Colombo, lembrou a economia que o País faz quando opta pela matriz energética hidráulica: "Se não fosse essa água que temos em abundância, e que valorizamos no hoje e no amanhã, teríamos que queimar 30 mil toneladas de combustível a cada três dias para gerar o que vamos gerar com esses 6 mil MW. São dez milhões de reais por dia. E isso para citar apenas alguns dos números desse empreendimento". Sidnei afirmou ainda que os 2375 quilômetros do Complexo Madeira formam a maior linha de transmissão do mundo. "A segunda está na China, com 2 mil quilômetros", disse. Em meio a números que incluem 90 mil toneladas de aço na produção de 10 mil torres, Sidnei agradeceu o empenho do Governo e pediu continuidade ao apoio institucional de órgãos ambientais, para agilizar as licenças, e de financiamento, entre os quais a Sudam, o Banco da Amazônia e o BNDES.

Para o diretor interino da Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel, Edivaldo Alves de Santana, o sucesso de um leilão como esse reflete a confiança que os investidores depositam no Sistema. "Esse leilão foi realizado em novembro do ano passado, com toda a incerteza da economia mundial. E mesmo assim tivemos sucesso. Essa confiança na estrutura regulatória que construímos no Brasil é fruto de muito esforço, pesquisa e desafios. Não há dúvida de que temos regras e elas são claras. Por isso o Setor Elétrico tem contribuído de forma significativa para o desenvolvimento do País".

O diretor-presidente da Eletronorte, Jorge Palmeira, lembrou que a Empresa está demonstrando mais uma vez o seu compromisso com a missão de gerar e transmitir energia, contribuindo para o desenvolvimento do Brasil. "Entramos num leilão competitivo, investimos em tecnologia, apostamos no nosso know-how e vamos participar da construção da maior linha de transmissão já feita no Brasil".

As linhas de transmissão vão interligar as usinas Santo Antônio e Jirau, no Complexo do Rio Madeira, ao Sistema Interligado Nacional (SIN). A operação comercial das instalações é de 36 a 50 meses a partir da assinatura dos contratos de concessão. O prazo das concessões de transmissão é de 30 anos.

Leilão

Os sete lotes de linhas de transmissão foram leiloados em novembro do ano passado. A Eletronorte arrematou os lotes A, C e G do leilão 007 da Aneel. A Empresa participou do certame como líder do consórcio Integração Norte Brasil, com 24,5% de participação, em parceria com a Eletrosul (24,5%), Abengoa Brasil (25,5%) e Andrade Gutierrez Par (25,5%). Apesar de o leilão ter sido preparado para selecionar uma alternativa tecnológica, entre corrente contínua ou um sistema híbrido - contínua e alternada -, logo no início, por falta de propostas, foi definida a corrente contínua como única alternativa.

O lote A, composto por SE Coletora Porto Velho 500/230 kV; duas estações conversoras CA/CC/CA back-to-back 400 MW; - LT Coletora Porto Velho - Porto Velho, C1 E C2, 230 kV em dois circuitos simples, com extensão aproximada de 17,3 km; foi arrematado com deságio de 0%, para uma Receita Anual Permitida - RAP, de R$ 44,7 milhões. Os investimentos somam R$ 461,7 milhões. O prazo de entrega do empreendimento é de 36 meses após a assinatura dos contratos

O lote C, composto por Estação Retificadora nº. 01 CA/CC, 500/±600 kV - 3.150 MW; Estação Inversora nº. 01 CC/CA, ±600/500 kV - 2.950 MW; foi arrematado com deságio de 10 % para uma RAP de R$ 160,8 milhões. A proposta ficou em R$ 144,7 milhões. Os investimentos serão da ordem de R$ 1,4 bilhão. Prazo de entrega de 38 meses.

E, para o lote G, composto por LT Coletora Porto Velho - Araraquara 2, em CC, ±600 kV, em, circuito simples, com extensão aproximada de 2.375 km; houve deságio de 6 %, para uma RAP de R$ 185 milhões. O consórcio terá uma RAP de R$ 173,9 milhões, com investimentos de R$ 1,4 bilhão e prazo de 48 meses para executar as obras.



 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

27-05-2011 - Plano Nacional de Educação de ROMARIA
23-03-2011 - 39ª turma de Challenge Yourself
05-03-2011 - Dia Internacional da Mulher
01-03-2011 - Célia Penatti é Cidadã Uberlandense
23-02-2011 - Célia Penatti realiza homenagem à equipe do Chumbo Grosso
23-02-2011 - Célia Penatti lotou a Câmara e dividiu Título com amigos (as)
07-01-2011 - Entrevista coletiva da ministra da Cultura
14-07-2010 - 38º Turma de Challenge Yoursef
23-03-2010 - Presidente Lula assina decreto
23-03-2010 - Fórmula Academia abre vagas
23-03-2010 - Na Braspress não existe discriminação salarial
23-03-2010 - Mulheres tem imaginação para ganhar grana extra
 
 
Célia Penatti
Rua Bernardo Cupertino, 723 - Uberlândia/MG - Martins
Fone: (34) 3236-2041
Desenvolvido por Webearte